#O que é a Habits e tudo o que ela promove?

Uma visão cotidiana para entender o que é uma incubadora tecnológica social e como ela pode dar retorno à sociedade e à sua nova ideia de negócio.

Todo mundo conhece alguém (ou já foi essa pessoa) que vendia algum tipo de comida na escola quando criança. Balas, chicletes, chocolates, rapaduras: valia de tudo! O importante era oferecer algo atrativo e por um preço acessível, seja para:

  1. oferecer mais opções de compra aos alunos em relação à cantina da escola;
  2. oferecer, por um preço mais acessível, comidas que são vendidas nessa mesma cantina;

                                                                                                  Muitas vezes, a primeira iniciativa empreendedora de muitos de nós.

Uma variedade imensa de possibilidades de tentar ganhar alguns trocados para comprar um tênis novo, não?

Bom, mas por que começamos um texto que vai falar sobre um habitat de inovação social com uma história de criança? Não, não estamos pensando em alguma solução para ajudar crianças a venderem seus doces e ganharem uma graninha (ainda).

A questão é que sempre que algumas palavras são ditas em um texto qualquer (empreendedorismo, impacto social, incubadora, coworking, etc) elas soam familiares, porém não exatas em seu sentido. E, por isso, é muito mais fácil associar tudo isso a histórias cotidianas, certo? Porque o todos esses termos só acontecem no ambiente mais real de todos: o lado de fora das nossas casas. Achamos que vai fazer mais sentido.

 

Será que eu pergunto o que significa tudo isso ou as pessoas vão me achar um idiota?

                                              

Bom, começando pela criança, podemos dizer que ele(a) é um(a) empreendedor(a). Por quê? Simples: um empreendedor, em sua essência, é uma pessoa que quer desenvolver uma ideia e oferecer uma proposta de valor à população por meio de sua iniciativa pessoal (PS: Você não precisa ser dono do negócio para empreender!). Esse negócio — nesse caso, a venda de doces — seria o empreendimento. Podemos descrever empreendedorismo como:

“Empreender é acreditar no seu sonho, fazer com que mais pessoas acreditem nele e transformar tudo isso num sonho de um monte de gente. Sozinho fica pequeno. Tem que ser em time.” Endeavor

Entretanto, o objetivo principal do seu negócio é a compra de um tênis. Ou seja, o lucro do empreendedor. Caso a criança (vamos chamá-la de Carla) criar o seu negócio com o propósito de atender a alguma demanda social, e este não produzirá dividendos (ou seja, um negócio que retorna o valor investido e sua produção é voltada aos objetivos sociais), o empreendimento dela passa a ser um negócio social. Este breve vídeo de 4 minutos pode explicar muito bem o que seria um negócio social, além de nos mostrar uma linda história.

Ótimo! Conseguimos riscar da nossa lista um total de 02 conceitos que eram “quase” compreendidos.

Agora vamos pensar na cidade aonde Carla mora. Provavelmente, existem outros(as) empreendedores(as) e, principalmente, pessoas que querem desenvolver seus negócios!

Seria incrível se houvesse um local onde as ideias de negócios podem ser desenvolvidas através de educação, planejamento e muita mão na massa, né? Já que:

  1. Empreender custa tempo;
  2. Empreender custa dinheiro;
  3. Para empreender, precisa ter conhecimento;
  4. Sozinho (como diz a descrição sobre o empreendedorismo) fica muito pequeno;

Pois existe sim! E essas são as incubadoras. Uma incubadora, no sentido do empreendedorismo, trata-se de um local onde as pessoas podem desenvolver suas ideias de negócio (de maneira rápida, simples e barata) para que elas sejam transformadas em negócios rentáveis e bem consolidados. Cada incubadora tem a sua maneira de desenvolver os negócios. Algumas são mais voltadas à tecnologia, outras ao ensino, e algumas com o intuito de produzir o maior impacto social possível.

Aqui na USP Leste, temos uma dessas incubadoras. A Incubadora Habits foi criada com o intuito de ser um canal que liga o conhecimento produzido na maior universidade da América Latina com práticas de mercado para que sejam gerados negócios de impacto social (de verdade).

Nesse espaço (inovador por dentro) que existem uma grade quantidade de empreendedores e pessoas interessadas em aprender,                 empreender e trazer novas soluções à sociedade!

A Habits procura atuar nos três ramos simultaneamente e de maneira unificada!

  • Somos tecnologia, porque temos cursos voltados ao aprendizado de tecnologias web (chamado WebDev) e um espaço maker para quem quiser prototipar.
  • Somos ensino (ou melhor, escola), porque através do nosso pertencimento à Universidade mais empreendedora do Brasil, segundo a Brasil Júnior, conseguimos transmitir o conhecimento produzido na academia e trazê-lo ao mercado! Um dos exemplos disso é o LabEE, nosso programa de co-criação e desenvolvimento de ideias a partir do ensino de práticas de negócio.
  • E, por fim, mas não menos importante, somos social (❤), visto que sentimos a necessidade de retornar a sociedade o investimento proporcionado pela população às instituições públicas de ensino. TODA E QUALQUER empresa que queira se desenvolver aqui necessita apresentar o aspecto social em sua essência (sim, isso é muito sério).

Bom, acho que já é possível falar para a família o que é uma incubadora e o que é a Habits, certo? Ainda não? Acessa esse link aqui para nos conhecer melhor!

Agora falando sobre como a Habits funciona, nós podemos dividi-la em três partes: nosso coworking, nossos programas e nossa residência!

/Coworking

Lembra da Carla? Então, um espaço de coworking seria um ambiente compartilhado onde pessoas como ela (e como você também) podem usufruir de alguns serviços para conseguir realizar seu trabalho (ou uma parte dele). No caso da Habits, temos um espaço aberto ao público, com WiFi de alta velocidade, café (❤) e um ambiente muito acolhedor para que as pessoas possam trabalhar, estudar e, principalmente, compartilhar conhecimento! Assim, Carla pode chegar a hora que quiser e usufruir do espaço para pensar em melhores maneiras de desenvolver o seu negócio! Essa seria a primeira das três partes da Habits!

/Programas

Legal, né? Agora, após apresentar o espaço de coworking, quem gostar da ideia da Habits — e quiser aprender mais sobre tecnologia e empreendedorismo — pode se interessar muito pelos nossos programas. Como citado acima, qualquer pessoa pode se inscrever em um deles (seja o WebDev ou o LabEE), basta ter vontade de aprender e muita disposição para errar fazendo! Não é necessário ter nenhum conhecimento prévio, viu?

/Residentes

Perfeito! Agora pense naquelas pessoas que já possuem uma ideia de negócio bem desenvolvida e realmente quer iniciar o seu empreendimento e começar a incrível (e difícil) jornada do empreendedor. O primeiro passo é ter um lugar para chamar de seu e um apoio de mentores e de uma comunidade super engajada para auxiliar o negócio nos seus primeiros meses, certo? É por isso que existe nosso programa de residência! A terceira e última parte da Habits.

Nela, é possível alugar uma sala com mesas, cadeiras, telefone e acesso aos diversos programas de capacitação promovidos para atender às necessidades de nossos residentes feito pela equipe da Habits. Basta entrar em nosso processo de residência e apresentar o seu negócio! Mas lembre-se, por gostarmos tanto de negócios sociais que ele se tornou um pré-requisito para que seu negócio se instale dentro da maior universidade da américa latina, em um ambiente de muita inovação!

Um ambiente de muita inovação!

                                                                       É sempre bom resumir o que é a Habits, certo?

Quanta informação! Mas então, seja você uma pessoa que quer estar em um espaço compartilhado para se reunir com pessoas parecidas com você, ou uma pessoa (como a Carla) que quer conhecer mais sobre empreendedorismo e desenvolver melhor a sua ideia através de nossos programas ou, por fim, uma ou mais pessoas envolvidas em um novo negócio já previamente estruturado: a Habits é o local ideal para você!

Quem sabe aquela sua ideia antiga não se torne um negócio que possa trazer retornos à você e à sociedade? Existe algo melhor do que isso?

Venha nos visitar! ❤

Texto escrito por Gabriel Christianetti

Posted by Beatriz Patriota

Amante de livros, séries e tecnologia. Faço parte do time de Tecnologia da Incubadora Habits.

Deixe uma resposta